segunda-feira, 14 de agosto de 2017

Agosto (de Deus)


Quando digo que odeio esse mês... Essas duas semanas eu sumi porque parece que vivi uns dois meses e não diria que vivi muito bem. Vamos às atualizações:

Meu pai passou por uma cirurgia hoje. Estava pilhada com isso, porque mesmo não sendo um procedimento muito grave, papai é hipertenso e não muito jovem, então eu fiquei bem preocupada, mas minha mãe já me ligou e disse que está tudo bem, graças a Deus. 

Nessas duas semanas que passaram, trabalhei intensamente e me chateei muito no trabalho. Pagamento atrasado em quase uma semana, 11 meses com o FGTS em atraso e cereja do bolo, fui tratada feito um lixo na sexta-feira passada pela minha patroa além de ela ter descombinado os dez dias de férias residuais que ela tinha me prometido para setembro. Não quero entrar em detalhes, mas eu fiquei muito mal, já somando isso com minha preocupação familiar e chorei litros na sexta,, praticamente nem dormi e lá fui eu trabalhar de 7:30 a quase 18h tentando aparentar a mais pura serenidade... 

Felizmente, o dinheiro tem me acompanhado: a mãe do meu aluno particular contratou horas em dobro nesse mês, já que a prova dele está chegando e ainda consegui fazer venda no Enjoei. Quanto aos investimentos, recebi proventos de FII e até o fim desse mês vão pingar dividendos e JSCP das minhas humildes ações. Com o atraso do pagamento e todo o resto, nem aportei direito ainda. Comprei umas fraçõezinhas de UGPA3 e BBSE3, mas ainda vou aportar em FFCI11, usufruir do meu direito de subscrição no MFII11 e reforçar minha reserva de oportunidade. Ah, amanhã vou receber a restituição do leão \o/

Estranhamente, apesar de tudo, os exercícios estão em dia. Desde que descobri a academia na praça ganhei motivação para me exercitar todos os 7 dias da semana, nem que seja só 30 minutinhos. Voltei a me alimentar bem e ainda dei uma emagrecidinha. Desgosto somado a bons hábitos.

Não terminei um só livro esse mês ainda. Nada é perfeito...

Enfim, é como estou. O mês esteve turbulento, mas acho que agora é daqui pra melhor. Não desistam de mim :)


17 comentários:

  1. Quem sou eu para julgar, mas se fosse comigo, eu não admitiria atraso de salário e tampouco de FGTS, eu que viraria o jogo e diria um monte de coisa !! sem contar que talvez eu até pedisse a rescisão por culpa do empregador (atrasar o salário e FGTS é suficiente para tal)

    ResponderExcluir
  2. Isso ai 😇, isso de atrasar salario e um saco heim.

    ResponderExcluir
  3. Você se considera mais fluente em inglês ou espanhol? O português é um lixo mesmo. Até o pessoal que fala inglês estuda espanhol, mas não estuda português.

    Ninguém tá nem ai para o português. O Brasil nem pra falar espanhol serviu. É isolado mesmo. Se o Brasil falasse espanhol o espanhol seria um idioma ainda mais forte.

    80% dos falantes do português são brasileiros e ninguém está nem ai para os brasileiros, quem dirá para Guine, Portugal, Moçambique, São Tomé e esse lixo todo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anon 08:58 o Português rrealmente não recebe muita atenção internacional por ser falado em poucos países.
      O Brasil é um grande e populoso país, já os demais lusófonos tem populações bem menores e nenhum está entre os 6 mais ricos do mundo. Por isso não há grande interesse no idioma. Portugal está na Europa mas não é uma grande potência.

      Mas o Alemão só se fala na Alemanha, Suiça e Áustria. Isso atrapalhou eles em algo?
      O Holandês só se fala na Holanda. O Francês tem como grande exponte a França, os outros países falantes não despertam tanto interesse. Acho que eles não se sentem inferiorizados com isso.
      O Espanhol é falado em praticamente toda a América Latina e tem muitos falantes em Espanhol nos EUA.

      O Português é um idioma riquíssimo com grande variedade de palavras e expressões, portanto reveja seus conceitos.
      Nada contra os outros idiomas, mas é saudável valorizar o que faz parte da nossa identidade cultural.

      Excluir
    2. De fato é um idioma muito restrito (Brasil, Portugal e uma série de países completamente irrelevantes), mas pelo menos é fácil aprender espanhol tendo português como língua nativa.

      Excluir
    3. As vezes é melhor falar uma língua que menos gente domina. Existem locais nos confins do mundo onde se fala português, diferente da América espanhola, que é quase toda pobre independente da extensão.

      Quer o que? Culpar o mundo porque não nasceu num país rico?

      Você devia ser mais respeitoso com a língua mãe e história do nosso povo, seu safado. Faça algo útil.

      Excluir
    4. Anão,

      Português não é um lixo. Está entre as sete línguas mais faladas no mundo, e é utilizada por mais de 200 milhões de pessoas, sem contar que os gringos que possuem contato com a língua costumam dizer que a consideram belíssima.

      O problema real de o pessoal de fora não se interessar por ela é exatamente pelo motivo que você apresentou. Não vejo o porquê de um islandês (exemplo) querer aprender o português quando os países que a utilizam como língua nativa são Brasil, Portugal, Cabo Verde, São Tomé e Príncipe e etc... O mesmo vale para Mandarim, Hindi e sânscrito, são os idiomas mais falados do mundo apenas porque Índia e China são os países mais populosos do mundo; não vejo, entretanto, interesse dos estrangeiros por elas porque ninguém se presta a ir morar numa dessas nações - só considero plausível em casos profissionais: tenho conhecimento de empresas oferecendo salários muito acima da média para profissionais fluentes nessas línguas, dada a necessidade destas de contato frequente com fornecedores importantes.

      A meu ver o resto do mundo também não está nem aí para Chile, Uruguai, Argentina, Venezuela, México, Bolívia, Cuba e etc. Eu, por exemplo, só estudaria espanhol por ser uma língua próxima do português e por possíveis necessidades profissionais.

      O Inglês é que é uma língua meia boca, a meu ver. A única dificuldade é decorar expressões e construir um vocabulário amplo. Ouvido preparado e boa conversação você adquire com estudo e tempo.

      Abraço,
      O Trovador

      Excluir
    5. Não é questão de atrapalhar seus imbecis. O Brasil se fosse um país decente teria seu idioma valorizado.

      Excluir
    6. Anon 08:31.

      O japão já foi a segunda economia mundial e exemplo de tecnologia. Alemanha já foi terceira economia.
      Nem por isso seus idiomas ficaram mais "populares" no resto do mundos.
      O Brasil já foi e ainda é uma economia relativamente importante. Maior economia que a maioria dos países que falam espanhol.
      A questão não é apenas ser "decente" ou não.

      Não faça comentários imbecis.

      Excluir
    7. "O Brasil se fosse um país decente teria seu idioma valorizado."
      Frase cretina de quem acha que nada presta, por aqui. Deixe de ser colono, tenha orgulho de seu país. Há mazelas em nosso país sim, é lógico, mas deixe de ter a síndrome da pequenez e se esforce em ver o lado bom do nosso país. Pense como um pai, que exalta em público as qualidades de seus filhos.
      Nossa língua é linda. Inglês é que é simples demais. Veja: https://www.youtube.com/watch?v=Tt1PtjUHhSg

      Brócolis Investidor.

      Excluir
  4. Já passou da hora de procurar um novo emprego, hein? Sei que a situação não está fácil (14 milhões de desempregados etc), então o importante seria encontrar um sem sair do atual.

    Quando você encontrar um novo emprego e já tiver com tudo encaminhado, dá uma rescisão no seu empregador, já que meses sem depositar FGTS é falta grave, e cobra todas as verbas FGTS + 40% e tudo mais.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  5. Fica firme Jacque, essas situações vêm e vão, a diferença está em como reagimos a elas.

    Não se deixe esmorecer!
    Você ainda é jovem, com uma boa consciência. Isso é ótimo.

    Estamos por aqui garota ;D

    Abração

    ResponderExcluir
  6. Não se pode desvalorizar o português, o idioma mais bonito do mundo. Dizem que das línguas romanas é o que soa mais diferente segundo o filme a chegada.

    ResponderExcluir
  7. Olá! Como vai?

    Tenho acompanhado suas aventuras tem um tempinho, e agora também comecei com um blog, e gostaria de saber se podemos fazer uma troca na divulgação. Poderia incluir meu blog como recomendado? Também farei isso no meu blog

    Segue https://senhorbufunfa.blogspot.com.br/

    Obrigado

    ResponderExcluir
  8. Com relação ao trabalho, tomara que as coisas melhorem, mas é bom você pensar em outras alternatvas de emprego.
    Desencana dessa idéia de agosto ser um mês ruim, apesar do mês já estar na metade. Ficar colocando esse tipo de coisa na cabeça parece que atrai coisas ruins ou no mínimo te deixa desanimada.

    Melhoras pro fim do mês e como disse vá pesquisando outro empregos.

    ResponderExcluir
  9. Olá Jacqueline,

    Te inclui na minha blogroll para não perder os posts e ajudar na divulgação. Estou esperando voce passar no meu blog rsrs

    Mas força, tem males que vem para o bem, ja passei por momentos difíceis no meu trabalho anterior e agora estou muito bem, não desanime.

    Pelo menos a grana ta vindo, isso é um ponto positivo :)

    Abraços do BnA

    ResponderExcluir
  10. Oi, Jaque! To nessa de "investidora" agora, muito legal teu blog. E não, não vamos desistir de você rsrsrs

    Luísa

    ResponderExcluir

Não fale com os outros o que não gostaria que falassem com sua mãe.